O nosso blog

O Movimento Ovelha - Diário de um Viajante

Para o Tiago ser como uma ovelha é não saber o que se quer ou estar permanentemente na indecisão.
.
“Ando na vida

à roda à roda à roda

a pisar as minhas pegadas

de voltas passadas.

Tão bom conhecer o caminho,

saber onde estou para onde vou

é seguro, posso estar do jeito que me dá...

a vida não arrebita, é certo... mas também nem tudo é mau

muito já andei e a roda e a enchada já foram inventadas!

a correr atrás de uma cenoura é que não!

essa lição já fui aprendendo...

é tempo de cuidar de mim

dar, mas não demasiado

saber relaxar, apreciar a azeitona a crescer no ramo da oliveira,

ouvir o vento, as formigas a marchar para casa transportando cada uma o seu grão de trigo, ver as nuvens a passar lentamente acenando ao meu coração

E o grande sol por entre as nuvens a passar

os seus raios aquecem e penetram o fundo da minha alma... 

Relaxar é muito bom e essencial, expirar profundamente, libertar a caixa torácica para depois inspirar Vida...

mas neste forte silencio não me posso esconder, discernir o que é verdadeiro do que é fuga.

Mas que é isto, porquê esta crescente monotonia? estas vozes de fogo e de mudança!? este cinismo inquieto?!

no seu murmurio assobia, vibra, remeche, rebola novamente a questão como numa panela de pressão...

Quero ou Não quero ? ...”